27º GRITO DOS EXCLUÍDOS E EXCLUÍDAS EM SÃO PAULO

27º GRITO DOS EXCLUÍDOS E EXCLUÍDAS EM SÃO PAULO

Movimentos Sociais realizam Ato em São Paulo, na quinta-feira, 7 de setembro, das 9:30 às 11:45, na Praça da Sé, e lançam manifesto.  Às 8h será servido café da manhã para pessoas em situação de rua. Haverá ainda arrecadação de alimentos não perecíveis, roupas e calçados, que serão doados para a população de rua.

Você tem sede e fome de quê?

Direito à inclusão! Privatização exclui. Diga NÃO à privatização.

A privatização ameaça os serviços públicos. Agora ataca transportes e água, descaradamente. Transporte de qualidade significa segurança e acesso, não pode ser privatizado.  Água é vida e não pode ser mercadoria!

Direito à cidade

São Paulo tem milhares de pessoas em situação de rua, enquanto imóveis vazios servem à especulação imobiliária. Temos fome de igualdade social e de renda suficiente para a população trabalhadora. Queremos uma cidade aberta, com praças para ocuparmos com nossas famílias e com moradia para todos.

Direito à vida

Direito à educação pública de qualidade, gratuita e para todos.

A educação pública vem sendo sucateada e entregue para a iniciativa privada. O ensino de qualidade exige boas condições de trabalho e salário para trabalhadores(as) da educação. Pela revogação do Novo Ensino Médio e pelo direito aos livros!

Direito à saúde pública

Os governos vêm fechando diversas unidades de atendimento e precarizando as que continuam abertas. É preciso portas de atendimento do SUS, verba para a saúde e profissionais para atender a saúde básica, com estabilidade e boas condições de trabalho e salário.

Direito ao emprego com direitos!

A terceirização reduz os salários e piora condições de trabalho. O assédio cresce na mesma medida em que patrões impõem jornadas desumanas. Pelo fim da terceirização e das privatizações! Pela revogação das contra reformas trabalhistas!

A população tem direito à vida, a emprego, saúde, educação e moradia.”

Convocam esse ato: PASTORAL OPERÁRIA, PASTORAL DO POVO DA RUA, PASTORAL DA JUVENTUDE ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO, ACAT Brasil : Ação dos Cristãos pela Abolição da Tortura, CASA DA SOLIDARIEDADE, CFCAM-SP: COLETIVO FEMINISTA CLASSISTA ANA MONTENEGRO SP, COLETIVO MARIELLE VIVE!, COMISSÃO DE JUSTIÇA E PAZ /SP, FEMINISMO COMUNITARIO ABYA YALA TECIDO PINDORAMA-BRASIL, FONSANPOTMA – Fórum Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional dos Povos Tradicionais de Matriz Africana, FRENTE INTER – RELIGIOSA DOM PAULO EVARISTO ARNS POR JUSTIÇA E PAZ, LIBERDADE E REVOLUÇÃO, PEDAGOGIA PERIFÉRICA, REDE DEMOCRACIA E DIREITOS HUMANOS, REGIONAL GRANDE SP DO MST, UJC: UNIÃO DA JUVENTUDE COMUNISTA, ASSIBGE/SN – NÚCLEO SP, METROVIÁRIOS SP, SIMESP, SIND. QUÍMICOS S.J. CAMPOS, SIND. QUÍMICOS UNIFICADOS, SINTAEMA, SINSPREV, SINTRAJUD, UNEGRO, UNIDADE CLASSISTA, UNIDOS PARA LUTAR, INTERSINDICAL CENTRAL DA CLASSE TRABALHADORA, CSP CONLUTAS, PACTO SOCIAL CARCERÁRIO, PCB, PCB-RR, PSTU, PSOL.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×