Sesi/Senai: em assembleia realizada dia 28, os professores defenderam o que é da categoria!

Sesi/Senai: em assembleia realizada dia 28, os professores defenderam o que é da categoria!

Em assembleias maciças, professores e técnicos de ensino do Sesi e Senai de São Paulo mostraram sua disposição em defender direitos – todos os seus direitos! – já conquistados e ajustados nos acordos coletivos de trabalho.

Nesta sexta-feira, 28, nas assembleias com ponto abonado em todo o Estado (outra conquista inscrita no acordo coletivo), foi aprovada a proposta de acordo que preserva, atualiza e amplia o conjunto de direitos que orienta as relações de trabalho no Sesi/Senai-SP.

No Sinprosasco, os professores compareçam em massa para discutir o rumo da Campanha Salarial 2020. Veja fotos abaixo:

Assembleia realizada no Sindicato dos Metalúrgicos, em Osasco.
Assembleia realizada no Sindicato dos Metalúrgicos, em Osasco.
Assembleia realizada no Sindicato dos Metalúrgicos, em Osasco.

Nesta época em que direitos trabalhistas têm sido ameaçados por reformas e pacotes, que o respeito ao trabalho e à educação em geral tem sido questionados, e que se põe em xeque a capacidade de organização perante os patrões, a defesa de direitos conquistados é prioridade de todos nós.

Nada do que está nos acordos coletivos foi oferecido de graça a professores ou técnicos de ensino – a participação nas assembleias mostrou união e propósito, e apoio aos negociadores do novo acordo.

O sindicato é nosso e ninguém tasca!

Veja o resumo do que foi defendido e aprovado nas assembleias:Reajuste salarial – recomposição da inflação registrada entre março de 2019 a fevereiro de 2020 pelo índice do INPC (índice será divulgado assim que a taxa do INPC de fevereiro/2019 for divulgada e o resultado for anualizado)

Vale Alimentação e vale refeição – reajustado pelo índice do INPC
Homologação de dispensa – sempre no Sindicato, para conferencia de direitos e valores devidos
Professor temporário (no Senai/Superior) – salário nunca inferior ao valor da hora-aula do professor pertencente ao quadro nos cursos de pós ou especialização no Senai/SP

E mais – manutenção integral de direitos já existentes no acordo, como estes:pagamento de horas-extras com adicional de 70%, adicional noturno, 15% de hora-atividade e adicional por atividade em outro município

– garantia semestral de salários
– assistência médica, com o Sesi subsidiando a maior parte dos custos
– garantia de emprego à gestante de 90 dias adicionais além da licença
– garantia de emprego por acidente de trabalho ou doença ocupacional, ao professor em vias de aposentadoria e ao professor transferido de município
– compensação de dias trabalhados em eleições, ordenados de comum acordo
– recesso escolar garantido e com datas já definidas para os docentes:
SESI: 21/12/20 a 19/01/21
SENAI PROF: 19/06 a 03/07 e 18/12/20 a 01/01/21
SENAI TEC: 18/12/20 a 01/01/21
– férias coletivas também com datas definidas:
SESI: 01/07 a 30/07
SENAI PROF e TEC. ENS.: 06 a 20/07 e 04 a 18/01 de 2021

Leia Também:
Vitória em dissídio garante convenção por dois anos
Ensino Superior: os pontos em disputa

Aqui, todos os seus direitos

Nos links abaixo estão as íntegras dos acordos coletivos que foram mantidos com a mobilização da categoria e agora serão atualizados como resultado desta campanha salarial 2020:

SESI/SP – PROFESSORES: http://fepesp.org.br/categorias-noticia/acordo-coletivo-2019-professores-sesi-sp/
SENAI/SP – PROFESSORES ENSINO SUPERIOR: http://fepesp.org.br/categorias-noticia/acordo-coletivo-2019-professores-do-ensino-superior-senai-sp/
SENAI/SP – PROFESSORES E TÉCNICOS DE ENSINO:  http://fepesp.org.br/categorias-noticia/acordo-coletivo-2019-professores-e-tecnicos-de-ensino-senai-sp/

Com informações da Fepesp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×