Metodista age de forma ilegal: Moção de apoio aos professores e dirigentes do SINPRO Campinas

Metodista age de forma ilegal: Moção de apoio aos professores e dirigentes do SINPRO Campinas

A diretoria do SINPROSASCO solidariza-se e declara apoio aos docentes e dirigentes sindicais do SINPRO Campinas e Região e repudia veementemente a conduta da Unimep, instituição do Grupo Metodista, que demitiu, arbitrariamente Conceição Fornasari, presidente da entidade, e os diretores Raimundo Donato e Silvana Paccola, que lecionavam na universidade há mais de 30 anos.

As demissões afrontam os direitos trabalhistas da categoria e mostram-se como uma retaliação, pois ferem o direito constitucional de livre organização sindical.

Infelizmente, tais desligamentos, somam-se a inúmeras ações desrespeitosas realizadas pela Metodista em diversas cidades do Estado de São Paulo.

Manifestamos nosso completo repúdio pela ação ilegal e sem qualquer amparo constitucional por parte da Metodista, já que nossa Constituição garante, sem qualquer sombra de dúvida, a estabilidade do dirigente sindical.

A diretoria do Sinprosasco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×